sábado, 15 de março de 2014

1º Censo de Tatuagem do Brasil


Para descobrir quem são os tatuados brasileiros, a SUPER fez uma pesquisa inédita por meio das redes sociais, com mais de 80 mil entrevistados e 150 mil tatuagens mapeadas. Os resultados desse censo foram publicados na edição de março da revista, e aqui você confere alguns dados e depoimentos inéditos.


DEPOIMENTOS
Os participantes do Censo foram convidados a dividir suas histórias. Leia algumas delas:

“Fomos ao estúdio eu, minha mãe e minha vó”
Marina Formiga, 21 anos, quiropraxista
“Desde os 15 anos eu queria fazer uma tatuagem, mas minha mãe dizia que era melhor esperar até os 18. Quando chegou a hora, fui ao estúdio com ela e a minha vó. Foi a primeira vez para mim e a minha mãe, mas a minha avó já tinha feito uma.
Acabamos voltando alguns anos depois, no fim do ano passado, e dessa vez as três fizeram a mesma tatuagem: um elefante tribal e seu filhote no tornozelo. Ela representa a importância da figura materna, já que nós três somos muito unidas.”
“Quando fiz a primeira, tinha 57 anos”
Aldo Jung, 64 anos, jornalista
“Comecei a me tatuar fazendo o retrato do rosto de minha amada, em p&b, na parte superior do braço esquerdo, em henna. Foi antes das férias. Depois de perceber a reação das pessoas, ao voltar das férias fiz a tatuagem de verdade. No ano seguinte, completei o desenho, fazendo-a nua, até a cintura, emoldurada por um grande sol colorido. No outro ano, e no outro braço, tatuei um coração bem colorido, atravessado por uma faixa com o nome dela. Quando fiz a primeira tatuagem tinha 57 anos.”
“Minhas tatuagens são fruto de promessas”
Danielly Friedrich, 23 anos, jornalista
“Desde criança aprendi a amar o Bayern de Munique, um time alemão. No meu caso, sagradas são as tardes de terças ou quartas de Champions League, e as manhãs de sábado da Bundesliga. Nenhum vizinho entende o tanto que eu grito nesses horários. Minhas duas tatuagens são fruto de promessas: a primeira, em 2012, fiz quando estávamos prestes a ser eliminados da Champions pelo Real Madrid, mas conseguimos a classificação nos pênaltis. Infelizmente naquele ano perdemos o título em plena Allianz Arena, mas a alegria viria em 2013. Na final contra o Borussia Dortmund, abrimos o placar, mas levamos o empate. No desespero, não poderia me frustrar novamente após chegar tão perto, e prometi tatuar o lema do clube, "mia san mia" (“nós somos o que somos”). Veio o gol sagrado de Robben, morri e voltei de tanta felicidade, e cumpri minha promessa com a maior satisfação do mundo. Muitas pessoas podem achar bobagem, mas o sentimento de torcer incondicionalmente por um clube é incrível. Pena de quem não consegue se sentir desse jeito.”
“Tatuei meus ídolos de infância”
Rafael Geraldo, 30 anos, designer
“Tenho uma tatuagem no antebraço que é quase uma piada. Fiz quatro nomes de forma rebuscada e tradicional. A sensação, para quem vê de longe, é que é alguma oração ou algo muito sério. Mas quando lê com calma vê que está escrito: ‘Didi, Dedé, Mussum e Zacarias’. Isso mesmo, tenho uma tatuagem dos Trapalhões, meus ídolos de infância.”
“Preciso esconder minhas tatuagens para trabalhar”
Roberta, 24 anos, professora
“Sou professora do ensino fundamental e a escola onde dou aula é muito rígida. Outro dia estava em uma feira gastronômica de camiseta e com minhas tatuagens à mostra e dei de cara com um aluno… Precisei jogar o cabelo na hora para esconder a tatuagem. Se isso chegasse no ouvido da diretora, eu perdia o emprego na hora (ela tem muito preconceito com tatuagens). Ela diz que isso pode influenciar os alunos de forma negativa. Mas enfim, não penso em trocar de emprego porque gosto muito do que faço e da escola onde dou aula.”
“Meu chefe me discrimina e também tem tatuagem”
Rafael, 26 anos, eletricista
“Sempre fui discriminado no trabalho por minha tattoo ser ‘grande’ (ela começa no ombro e termina no cotovelo). Sempre trabalho de manga longa, mas mesmo assim meu gerente já pediu que eu nem entrasse na empresa de camiseta manga curta. Bom. Um dia estávamos conversando e ele me diz do nada que também tem uma tatuagem. E detalhe: é uma tentativa de quem não aguentou a dor. A tatuagem do cara era muito parecida com a minha, só que bem menor…”
“A tatuagem me libertou”
Michelle Antunes, 30 anos, arquiteta
“Sofri um acidente de carro quando tinha 18 anos, fiquei com uma cicatriz enorme na perna e não usava shorts ou saias por causa disso. Depois de muitas cirurgias, recebi alta para fazer plásticas para corrigir a cicatriz. Fiz uma só e decidi que não queria mais sofrer com anestesias e cirurgias, e preferi ‘sofrer’ ganhando um desenho lindo. Tatuei toda minha coxa com dois elefantes indianos maravilhosos que são minha paixão, mostro para todo mundo e não tenho mais vergonha de usar saia! A tatuagem me libertou.”

quarta-feira, 12 de março de 2014

DICA PARA T.I.


  • Sinopse

    O avanço das novas tecnologias e da internet faz com que a demanda por profissionais da área de tecnologia da informação, ou simplesmente TI, cresça constantemente. Espera-se desse novo especialista amplo domínio de processos relacionados a web, redes, computação gráfica, infraestrutura, desenvolvimento de TI e aplicativos em geral. Neste glossário prático e completo estão reunidos os principais termos, siglas e expressões de TI, selecionados de forma cuidadosa por três autores que atuam como profissionais da área, que auxiliarão tanto os peritos como os leigos e interessados em aprimorar seu vocabulário e conhecimento em TI.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

PROTOTYPE 2

É um jogo de ação/aventura que foi lançado no dia 24 de abril de 2012. O jogo foi desenvolvido pelo estúdio canadense Radical Entertainment, e é a sequencia do jogo Prototype de 2009. O jogo foi lançado pelo proprietário da Radical Entertainment, aActivision. Neste jogo é apresentado um novo protagonista, que se chama James Heller, que tem a missão de destruir o vírus Blacklight. Na história, Heller quer matar Alex Mercer, o protagonista do primeiro Prototype, depois que sua família foi morta pelo vírus Blacklight. O jogo foi anunciado em 2010 pela Spike VGA Awards, com o slogan "o assassinato de seu Criador".


E aqui vai alguns gameplay caseiros


video


video



quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Monitores e suas Evoluções


O monitor é um dispositivos de saída do computador, cuja função é transmitir informação ao utilizador através da imagem. Porém são poucas as pessoas que se interessam por sua história. Nos anos 50, a televisão ainda era novidade. Os computadores ocupavam vários metros quadrados, e eram utilizados cartões perfurados para armazenar, e papeis impressos para exibir os dados. Estes computadores eram usados em grandes empresas, pois era inviável e inútil alguém ter um destes em casa. Naquela época, era ficcional existirem computadores pessoais, e também que estes tivessem uma interface gráfica (termo desconhecido na época).
A tecnologia começou a avançar cada vez mais, e com ajuda da tecnologia dos televisores, o monitor foi criado. Antes do monitor, foi desenvolvido o Teleimpressor, que exibia as imagens em uma tela de televisão, evitando assim um monte de impressões. O monitor só exibia as imagens dos códigos.
Utilizando os cabos dos videogames, a maioria dos computadores dos anos 70 usava os televisores para visualizar os dados. Foi nesta época que surgiram os computadores pessoais. No ano de 1970 foi lançado o VT05 com um teleimpressor embutido.
Nos anos 80 foram feitas mais adaptações em relação aos televisores, e os monitores passaram a exibir cores. Não eram muito variadas, mais foi um avanço importante. Foi nesta época também que surgiram os monitores de cristal líquido, que quando foram criados, eram somente usados em notebooks, pois eram muito caros e com eficiência igual a de um monitor comum.
Os monitores de tubo já perderam espaço no mercado, pois são grandes e consomem muita energia. Os monitores LCD evoluíram muito, melhorando a imagem e a economia. Atualmente são os mais vendidos.
O LCD é usado em celulares e até calculadoras. Uma das muitas funções do LCD é permitir uma maior interatividade, com o touchscreen. Esta função é relativamente nova, e está tomando conta do mercado. Com o touchscreen, basta tocar na tela e a função é executada.
Outra novidade nos monitores é o 3D. Com o monitor e uma placa de vídeo compatível, é possível criar o efeito 3D.
O futuro da projeção de imagens é o monitor holográfico. Este tipo de monitor ira criar um holograma com as imagens, sendo muito mais realista que o 3D, e não sendo necessários óculos.
Atualmente, os monitores podem ser usados para ver TV, e algumas TV’s usadas para conectar no computador. A tecnologia das TV’s e monitores está se unindo novamente.
Os monitores são classificados de acordo com a tecnologia de amostragem de vídeo utilizada na formação da. Atualmente, essas tecnologias são três: CRT, LCD e plasma. À superfície do monitor sobre a qual se projeta a imagem chamamos tela, ecrã ou écran.

CRT (Cathodic Ray Tube), em inglês, sigla de (Tubo de raios catódicos) é o monitor "tradicional", em que a tela é repetidamente atingida por um feixe de elétrons, que atuam no material fosforescentes que a reveste, assim formando as imagens.
Este tipo de monitor tem como principais vantagens:
1.    Longa vida útil;
2.    Baixo custo de fabricação;
3.    Grande banda dinâmica de cores e contrastes; e
4.    Grande versatilidade (uma vez que pode funcionar em diversas resoluções, sem que ocorram grandes distorções na imagem).
As maiores desvantagens deste tipo de monitor são:
1.    Suas dimensões (um monitor CRT de 20 polegadas pode ter até 50 cm de profundidade e pesar mais de 20 kg);
2.    O consumo elevado de energia;
3.    Seu efeito de cintilação (flicker); e
4.    a possibilidade de emitir radiação que está fora do espectro luminoso (raio-x), danosa à saúde no caso de longos períodos de exposição. Este último problema é mais frequentemente constatado em monitores e televisores antigos e desregulados, já que atualmente a composição do vidro que reveste a tela dos monitores detém a emissão dessas radiações.
5.    Distorção geométrica.

LCD: (Liquid Cristal Display, em inglês, sigla de tela de cristal líquido) é um tipo mais moderno de monitor. Nele, a tela é composta por cristais que são polarizados para gerar as cores.
Tem como vantagens:
1.    O baixo consumo de energia;
2.    As dimensões e peso reduzidas;
3.    A não-emissão de radiações nocivas;
4.    A capacidade de formar uma imagem praticamente perfeita, estável, sem cintilação, que cansa menos a visão - desde que esteja operando na resolução nativa;
As maiores desvantagens são:
1.    O maior custo de fabricação (o que, porém, tenderá a impactar cada vez menos no custo final do produto, à medida que o mesmo se for popularizando);
2.    O fato de que, ao trabalhar em uma resolução diferente daquela para a qual foi projetado, o monitor LCD utiliza vários artifícios de composição de imagem que acabam degradando a qualidade final da mesma; e
3.    O "preto" que ele cria emite um pouco de luz, o que confere ao preto um aspecto acinzentado ou azulado, não apresentando desta forma um preto real similar aos oferecidos nos monitores CRTs;
4.    O contraste não é muito bom como nos monitores CRT ou de Plasma, assim a imagem fica com menos definição, este aspecto vem sendo atenuado com os novos painéis com iluminação por leds e a fidelidade de cores nos monitores que usam painéis do tipo TN (monitores comuns) são bem ruins, os monitores com painéis IPS, mais raros e bem mais caros, tem melhor fidelidade de cores, chegando mais próximo da qualidade de imagem dos CRTs;
5.    Um fato não-divulgado pelos fabricantes: se o cristal líquido da tela do monitor for danificado e ficar exposto ao ar, pode emitir alguns compostos tóxicos, tais como o óxido de zinco e o sulfeto de zinco; este será um problema quando alguns dos monitores fabricados hoje em dia chegarem ao fim de sua vida útil (estimada em 20 anos).
6.    Ângulo de visão inferiores: Um monitor LCD, diferente de um monitor CRT, apresenta limitação com relação ao ângulo em que a imagem pode ser vista sem distorção. Isto era mais sensível tempos atrás quando os monitores LCDs eram de tecnologia passiva, mas atualmente apresentam valores melhores em torno de 160º.

Apesar das desvantagens supra mencionadas, a venda de monitores e televisores LCD vem crescendo bastante.
Obrigado pelas visualizações Fernando Henrique Misson

domingo, 31 de março de 2013

Hospedagem Gratuita

informações http://hostinger.com.br/

Hospedagem Gratuita

2000 MB de disco, 100 GB de tráfego, PHP e MySQL

A nova geração de hospedagem gratuita
Esqueça tudo que já ouviu falar sobre hospedagem gratuita. A Hostinger é diferente. Oferecemos serviços confiáveis, repletos de funcionalidades e com um excelente suporte ao usuário!
Suporte completo de PHP e MySQL
Diferentemente de outros serviços de hospedagem gratuitos, oferecemos suporte a PHP e MySQL sem nenhuma restrição. O acesso completo as ultimas versões do PHP e MySQL está disponível.

Sem anúncios ou Banners em suas páginas
Sem link de texto. Sem pop-ups irritantes. Sem banners irritantes. Sem postagem obrigatória em forums. Seu website será 100% livre de propagandas para sempre.
Auto instaladores de scripts e CMS
Com apenas alguns cliques você terá instalados o Wordpress, Joomla, forums, lojas online e muito mais. Um website 100% funcional e com aparência profissional pode ser configurado em minutos. Nunca foi tão fácil!

Construtor de Website online fácil de usar
Agora voce pode configurar seu site facilmente. Até um usuário de computador iniciante pode criar um belo site com nosso Construtor de Website! Escolha um dos 100 templates e tenha seu site pronto em 5 minutos.
Participe do nosso programa de referências
Convide seus amigos para a Hostinger e adquira belos brindes: MP3 players, PowerBalls, Pendrives, Cameras Espiãs, registros de domínio, tablets Google Android e muito mais!

terça-feira, 5 de março de 2013


CASEMOD´S

Não existe um registro de como o casemod surgiu. Na verdade, acredita-se que a necessidade de agregar recursos funcionais de alguns usuários motivou as primeiras modificações estruturais nos gabinetes de computador.

O objetivo inicial destas modificações era melhorar a refrigeração interna dos computadores através de abertura de passagens de ar, adaptação de ventiladores auxiliares na estrutura dos gabinetes e instalação de sistemas de refrigeração à agua

Não obstante, a busca por maior desempenho de placas e componentes desses computadores, a partir da utilização de programas mais exigentes (como jogos, modeladores 3D dentre outros), impulsionou a realização do overclocking, o que, por sua vez, foi tornando cada vez mais necessária a prática do casemod.

Modificações estéticas também tornaram-se bastante comuns. Pinturas personalizadas, painéis de acrílico e luzes coloridas passaram a ser bastante utilizadas pelos aficionados, ou modders como são conhecidos.

Percebendo esta tendência, a indústria passou a produzir linhas de produtos específicos para casemod. Hoje em dia é possível encontrar no comércio especializado peças para computador em cores variadas, gabinetes com janelas transparentes e sistemas de refrigeração de alto-desempenho.

Mas os dois grandes diferenciadores na prática do casemod são, em primeiro lugar, a auto execução - onde o próprio usuário cria e executa o seu projeto, segundo as suas necessidades e senso estético - e a exclusividade - onde cada máquina torna-se assim, uma peça única e diferenciada.

Tipos de casemod

Peripheal mods: Periféricos como teclado, mouse, e caixas de som as vezes são pintados ou até modificados para combinar com o gabinete. Alguns casemodders, querendo fazer o computador mais portátil e conveniente, instalam auto-falantes e pequenas telas de LCD no gabinete.

Case building/Scratch building: Algumas pessoas também constroem seus gabinetes do zero. Alguns fazem disso um trabalho de arte, outros fazem o gabinete parecer algo diferente, como uma caixa de madeira, um galão de gasolina ou até montam ele na parede.

Component modding: Consiste em modificar os componentes do computador. Um exemplo é a recolocação de botões de drives óticos. Também é frequente a combinação com "stealthing", que esconde a visibilidade do drive de cd, com uma placa ou uma baia. Uma modificação de risco envolve instalar janelas no disco rígido. Isto é feito em uma sala limpa, onde a poeira é pouca. Poucas pessoas já fizeram, e o resultado varia. Alguns disco rígidos, incluindo o WD Raptor, agora vêm com uma janela padrão.

Laptop modding: Laptops podem ser modificados tanto quanto um gabinete comum. A maioria dos laptop mods consiste em uma nova pintura ou outros acabamentos. Alguns também preferem gravar ou cortar desenhos no atrás da tela do laptop. Para evitar violação de garantias, adesivos podem ser comprados, e também são fáceis de remover.


Modificação no hardware (overcloking)
Modificação estética (gabinete)